Qualificação

O restaurador: Francisco Fulginiti Neto

Pertencente à tradicional família da indústria de móveis no Estado do Rio Grande do Sul, cresceu em meio a ferramentas, máquinas e madeiras.

Com doze anos, após as aulas, freqüentava a oficina da família, situada na Av. Presidente Roosevelt, e dava os primeiros passos na profissão fazendo pequenos serviços e auxiliando o trabalho dos empregados. Aos quinze anos, começou efetivamente a trabalhar na oficina sob a supervisão de seu pai (Nildo Fulginiti) e avô (Francisco Fulginiti), com quem aprendeu o trabalho em madeira.

O contato com os marceneiros, lustradores e escultores também se revelou de grande valia, pois permitiu observar o trabalho daqueles profissionais e desenvolver técnicas mais apuradas para o trato de cada material. Ao se dedicar aos estudos e com o passar do tempo, contudo, acabou se afastando da oficina para trabalhar por mais de vinte e nove anos em outras áreas.

Hoje, voltando às origens, transformou seu passatempo em atividade profissional. Possui  Certificação pelo Centro Histórico-Cultural Santa Casa e formação técnica junto ao Museu Júlio de Castilhos (Porto Alegre, RS),  tendo empreendido extensa pesquisa e obtido acesso a diversas técnicas de restauração, desenvolvidas especialmente na Itália, Espanha e Portugal, a fim de reunir o conhecimento necessário ao ofício.

Continua em constante atualização, seja pelo estudo de novas técnicas de restauração, seja desenvolvendo técnicas e produtos próprios, sempre procurando qualificar seus serviços e superar as expectativas de seus clientes.

Comments are closed.